Por 12 anos, o governo argentino esteve nas mãos de Néstor e Cristina Kirchner. Até que, no ano passado, um candidato que seguia essa linha perdeu para outro completamente diferente. Mauricio Macri foi eleito e ultrapassou Daniel Scioli, candidato «K».
Quando foi eleito, uma das coisas que ele prometeu foi transformar a televisão pública numa emissora cultural e não oficialista. Sob sua gestão foi criado o Sistema Federal de Meios Públicos, sendo Hernán Lombardi o chefe. Sua primeira medida foi tirar do ar o programa «678», que criticava a oposição. Neste ano, especificamente em 18 de Abril, foi reinaugurada a TV Pública, passando a ser chamada de Televisión Pública Argentina.
Esta reforma incluiu uma remodelação da «escarapela», símbolo nacional utilizado em seu logo.

Finalmente o canal possui uma imagem gráfica à altura de sua nova programação. Ele apostou por cores suaves e linhas diagonais. Em termos de musicalização, parece ser de um canal de notícias.

 

 

 

 

Para finalizar, os deixamos com uma imagem ao vivo capturada antes de escrevermos este artigo. Destacamos qu'o jornal «Visión Siete» foi renomeado para «Televisión Pública Noticias».